13 de set de 2010

PARABÉNS, CLARISSA!

.

Em 13/09/2004, primeiro setembro após o início de minhas atividades blogueiras, escrevi o texto abaixo em homenagem a minha filha Clarissa.

Passados cinco anos algumas coisas mudaram mas o que eu disse na época permanece sem necessidade alteração, o que é um ótimo sinal. Estamos ao lado dela, em Brasília, comemorando e felizes por termos alguma CLABERLIM1coisa a comemorar, o que está se tornando cada vez mais difícil no mundo de hoje.

Há algo mais. Ela, que sempre foi esbelta e magra, está com a circunferência abdominal sensivelmente aumentada. Nunca a vi assim e é estranho você olhar para alguém de sua família a que está acostumado ver com uma compleição física e perceber que ela está engordada e fora dos padrões habituais.

Mas há um bom motivo por detrás disso. Ela está grávida e espera, lá por dezembro, um garoto, o que reflete substancialmente na minha vida: serei avô, algo que falta ainda na minha biografia, propiciando-me o cumprimento de uma das últimas etapas da vida familiar.

Para que não se diga que tudo foi em vão.

Um beijo, filha.

 

Um comentário: