30 de mai de 2011

VIA EMBRATEL PARA DE TRANSMITIR FILM&ARTS

.


.
Os brasileiros não dão muito valor à arte dos grandes compositores, dos grandes escritores, dos grandes pintores e dos grandes cineastas. Não há um canal da tevê aberta que dedique alguma programação a manifestações culturais tão elevadas. Somente a TV Cultura, assim mesmo muito esporadicamente, investe nesse segmento.
Até 2007 a DirecTV transmitia o canal Film&Arts, que dedica grande parte de sua programação às Belas Artes: história da arte, especialmente enfocando as artes plásticas e os grandes pintores, transmissão de concertos e óperas, filmes diferenciados, entrevistas com ícones da cinematografia e outros programas. Com a fusão com a Sky, num flagrante desrespeito aos assinantes, o canal foi extirpado da grade desta, apesar da promessa de que seriam mantidos todos os canais.
Na época movi uma ação contra a Sky para que esta cumprisse a promessa, inexitosamente: perdi a ação. A sentença pode ser lida aqui.
A Via Embratel, concorrente da Sky, transmite o canal e isto me motivou a adquirir a assinatura da programação básica mais a Multicultural, exatamente para poder assistir ao Film&Arts.
Entretanto, há alguns dias recebi a mensagem acima: a partir do dia 05 de junho a Via Embratel não mais transmitirá o Film&Arts, sem qualquer justificativa aos assinantes.
Mais uma vez, portanto, demonstra-se o desamor às artes. Permanecem os enlatados americanos, os canais religiosos, os de futilidade, os esportivos, os de venda, e pouquíssima coisa mais. Com isto a Via Embratel perde e se rebaixa à mesmice das demais retransmissoras.
Gostaria de iniciar uma campanha de remessa de e-mails à Via Embratel, pedindo a manutenção do Film&Arts, ainda que ciente de que este pedido talvez não encontrasse a receptividade das grandes causas. Mas não tenho como.
A empresa, espertamente (como fazem muitas outras) bloqueia e-mails e a remessa só é possível mediante cadastro em seu site, o que é uma encheção de saco formalizada exatamente para que ela se ponha a salvo de críticas e pedidos como este. Gostaria de encabeçar um movimento positivo em favor da arte pura, que tanta falta neste país, sem prejuízo da cultura popular que continuará privilegiada nas transmissões dos canais abertos, a cabo e via satélite. Mas não disponho de meios para isto.
Enviei e-mail à transmissora pedindo a manutenção do canal. Naturalmente, não serei bem sucedido e só me restará o cancelamento da assinatura. Meu modo quixotesco de protestar.
.

14 comentários:

  1. Eles têm um endereço no twitter (@ViaEmbratel). Quem sabe lá sejam mais sensíveis aos reclamos do consumidor. Nunca é demais lembrar que Brastemp, Renault e várias outras já se incomodaram bastante com campanhas de insatisfação que usaram o twitter como veículo.

    ResponderExcluir
  2. Estou solidaria a voce. Porque retirar um canal excelente e continuar com outros medíocres.

    ResponderExcluir
  3. Conte com meu apoio.
    Protestei junto à à ViaEmbratel, que respondeu tratar-se de uma decisão da empresa. Encaminhei, ainda, email ao MEC (por diversão) e email à ABTA,pedindo a essa que não mais solicitasse apoio contra os projetos de controle de conteúdo das TVs por assinatura.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo6/6/11 19:55

    também fiquei irritada e perplexa com a extinção do canal!!!! era uma dos poucos que assistia! Será que a Viaembratel pensa estar garantindo a manutenção da "vida privada das obras primas"?!! << Elisabeth.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6/6/11 20:13

    O Film&Arts tem na Telefônica tv digital e na TVA, pena que so atua em São Paulo. mais a Telefônica eu tenho e acho muito legal, não é umas das operadoras mais conceituadas no Brasil como a SKY,VIA E NET. esse canal é excelente!

    ResponderExcluir
  6. O MEC, como esperado, diz que o problema é da ANATEL, ou seja, de simples consumo.
    Resolvi,então enviar email à ViaEmbratel pedindo a substituição do canal por outro do mesmo gênero, como faculta o § 1º do Art. 28 do Regulamento de Proteção e Defesa dos Assinantes.Segue modelo para quem quiser encaminhar o mesmo pleito:
    " A decisão da ViaEmbratel de cancelar o Film$Arts rebaixou em muito o nível da programação.
    O desconto no valor da assinatura não é de meu interesse e por isso solicito, nos termos do § 1º do Art. 28 do Regulamento de Proteção e Defesa dos Direitos dos Assinantes dos Serviços de Televisão por Assinatura aprovado pela Resolução nº 488,de 03.12.2007, que a ViaEmbratel substitua o canal Film&Arts por outro do mesmo gênero.

    "RESOLUÇÃO No 488, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2007.
    "Regulamento de Proteção e Defesa dos
    Direitos dos Assinantes dos Serviços de
    Televisão por Assinatura"

    "Art. 28. Qualquer alteração no Plano de Serviço deve ser informada ao Assinante
    no mínimo 30 (trinta) dias antes de sua implementação, e caso o Assinante não se
    interesse pela continuidade do serviço, poderá rescindir seu contrato sem ônus.
    § 1º Caso a alteração mencionada no caput implique a retirada de canal do Plano
    de Serviço contratado, deve ser feita sua substituição por outro do mesmo gênero, ou procedido desconto na mensalidade paga pelo Plano de Serviço contratado, a critério do Assinante."

    ResponderExcluir
  7. Caros companheiros de desalento pelos maus tratos
    às Artes e à Cultura, minha solidariedade.
    Atitudes como essas das operadoras me reforçam a idéia de que só nos resta abandonar essas más companhias, buscando alternativas na pirataria.
    É para ondem nos empurram: capturar no ar, só o que nos interesse.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Faço coro ao dito. Um dos motivos de eu mudar da sky para a Via Embratel foi o Film&Arts. Fiquei revoltado em ver a operadora retirar um dos melhores canais da grade enquanto mantém porcarias como E! e Boomerang. E falam na internet que ainda vão retirar outros que faziam parte do Multicultural!!! Sendo assim, espero que a GVT coloque este canal, para mudar de operadora. Acho que é a melhor resposta à falta de respeito ao assinante pela Via Embratel.

    ResponderExcluir
  9. acho que está na hora de criamos uma campanha "Eu mereço Film&Arts e Eurochannel", no estilo da "Eu mereço Tooncast".

    eu tenho os dois canais na TVA, mas sou a favor dessa campanha, pois do jeito que está, não tenho ninguém pra conversar sobre o que eu assisto na TV. hehe

    de 10 milhões de assinantes, apenas 100 mil têm acesso ao Film&Arts.
    culpa da nossa mídia que é concentrada nas mãos da Globo, que controla Sky e Net com 70% dos assinantes.
    está na hora, também, de uma regulamentação da mídia, proibindo a propriedade cruzada, conforme manda nossa Constituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje, dois anos depois, me vejo com o mesmo problema de vocês. Desde que a TVA foi comprada pela VIVO, ela funciona esporadicamente! Hoje, por exemplol um sábado, estamos se TV paga desde o meio-dia e com promessa de restabelecimento do sinal às 21:00 hrs. Saí portanto em busca de alternativas e vi que não há. Se quiser ver o F&A quando a VIVO resolver funcionar, tenho que manter essa assinatura.E há ainda gente que acha que o mercado resolve tudo. Que liberdade temos de escolher, se não temos escolha?

      Excluir
  10. Luiz da Silva Ferreira22/9/11 14:36

    Em 25-08-11 adquiri o telefone "livre" da EMBRATEL através do cartão de crédito Santander Free. Até hoje, 22-09-11, não consegui o aparelho, já paguei a 1ª parcela e não aguento mais fazer reagendamento. O automatismo dos atendentes enerva qualquer. A quem reclamar? A quem "vista realmente a camisa da empresa" ou ao PROCON?

    ResponderExcluir
  11. Sou assinante da TVa em Curitiba e ao mudar do da Tva analógica p/ a digital, o canal Film$arts saiu da programação. Portanto, os novos assinantes da tva - que provavelmente já serão a digital - não terão o canal. Uma pena!!

    ResponderExcluir
  12. Estou à cata de uma nova TVpaga, pois a VIVO não funciona mais desde que comprou a TVA. Mas vi que não há F&A em nenhuma outra.E aí achei vocês, companheiros da desgraça. Pelo visto, não há jeito. Estamos condenados à incultura dos BB e outras estupidezes, não? Que direito de escolha temos nós, como consumidores, se não temos o que escolher?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo2/1/14 16:08

      Sou solidária e vivi a mesma situaçao. Há duas semanas mudei de endereço, apenas uma quadra do anterior, e a vivo não é capaz de instalar qualquer coisa aqui. São de um desrespeito imenso com o consumidor e mesmo não gostando de viver sem o Film&Arts e o Eurochannel, não quero mais ficar à mercê dos abusos deles. Dora Kalef

      Excluir