18 de nov de 2009

POR MARES SEMPRE DANTES NAVEGADOS

.
Vou ter que dar uma pequena freada no meu blog. Talvez postarei apenas alguns telegramas. É que amanhã viajarei para Santa Catarina, minha terrinha de santa beleza, e estarei, por alguns dias, afastado de uma conexão de banda larga.

Na verdade, como acredito que pouca gente o visita, isto não vai fazer muita diferença. Apenas o esclareço porque a sensação, algo megalômana, que se tem quando se escreve um blog é a de que o mundo inteiro o lê e que apenas algumas pessoas se dignam a deixar comentários. A grande maioria é despeitada e invejosa e prefere não dizer nada e ainda deprecia mentalmente toda a nossa exuberante criatividade.

Vou pela BR-101, pois minha primeira parada será em Florianópolis. Terei que atravessar o trecho Sul, uma empreitada árdua e perigosa, algo assim como escalar o Everest pela face Norte.

Para tentar minimizar os riscos pensei até em ir de ré. Em termos de velocidade não haveria muita diferença e afastaria o risco de bater de frente com alguma carreta mal intencionada. A jurisprudência pacificou que aquele que bate na traseira é sempre culpado. Assim, mesmo que eu morresse num acidente, a culpa seria do outro.

Jasão, na busca do velocino de ouro, certamente enfrentou perigos mais brandos do que os que vou enfrentar amanhã. E ele contava com o auxílio grandioso e definitivo de Hércules. Eu conto comigo mesmo e nunca sinto a segurança de que, com a roda do volante, consigo dominar eficientemente as quatro rodas do chão.

Por favor, rezem por mim e pelos familiares que vão comigo.

Depois vou para a Praia do Grant, uma miniatura que certamente nem a maioria dos catarinenses sabe onde fica. Situa-se entre Piçarras e Barra Velha. É uma praia na medida exata para quem, como eu, não gosta de praia. O mar é horrível, entra-se uns cinco metros e a água já bate no gogó, mas o ambiente é calmo e tranqüilo. Sinto-me como se estivesse dentro de uma catedral.

Ficarei ali dez dias revisando um romance que escrevi, incrementando outros dois que estou escrevendo, selecionando poesias ultrapassadas para um quarto livro, tratando mais diretamente com o meu revisor sobre a publicação de um primeiro, e tentando ver se recupero, do hd do meu inconsciente, os esboços de pelo menos outros 18 ou 19 que mentalmente escrevi pela vida afora e publiquei. Foram, sem exceção, best-sellers.

Desta vez não vou visitar Taió. Provavelmente deve estar do mesmo jeito que a deixei da última vez em que lá estive. Comparando com a Eternidade, não faz muito tempo: apenas 18 anos. Corresponde a menos do que a milionésima parte de um milissegundo eternal.

Se conseguir vencer a irresistível preguiça que me toma conta nessas ocasiões vou dar umas caminhadas e bater algumas fotos, daquelas de matar de inveja o Carlos Damião. Mas não conto muito comigo para isto, embora, reconheço, devesse dar mais valor aos tripés que possuo. Tenho cinco, dos mais variados tamanhos, e duas máquinas fotográficas. Na verdade três, mas uma está ultrapassada e nem vou levá-la.

Se não fosse o perigo de ser assaltado eu fotografaria alguns trechos do sul da BR-101 no modo sépia e venderia como fotos antigas. Afinal, ela é a mesma desde que foi inaugurada, em 1970, e ninguém iria poder apontar diferenças nem me tachar de charlatão. Era só evitar a presença de algum carro mais moderno na exposição.

Uma vez eu gostava de filmar. Ainda guardo, como relíquia, uma filmadora Braun, modelo Nizzo, Super-8. Depois comprei uma VHS. Mas isto acarretava um inconveniente muito sério: não via a hora de voltar para casa para ver as coisas bonitas que, filmando, tinha deixado de apreciar ao vivo.

Agora só filmo eventos familiares. De vez em quando...
.
.
.
.
Publicado no Jus Sperniandi, do autor, no Uol,
em 22/07/2004.
.

2 comentários:

  1. Pitacos transcritos do post original:

    [Glauco Damas] [glauco@glaucodamas.com] [http://portugueshoje.blog.uol.com.br]
    Que filha bonita!!!!!!!!!! Parabéns!

    02/08/2004 18:49

    [ivone] [iweirich@brturbo.com]
    A foto da Cissa está ótima. Faltou a da Ieda, que deve estar dormindo. Lemos suas façanhas. Boa viagem. Cuidado com o trânsito.

    23/07/2004 21:57

    ResponderExcluir
  2. Pitacos transcritos do post original:

    [Carlos Damião] [carlosdamiao@brturbo.com] [http://carlosdamiao.zip.net]
    Pois é, Ilton, não tem essa de que ninguém lê. Coloquei uma indicação no meu blog (direito+humor+literatura) que remete para a tua página. Parabéns pelo texto, aguardamos os romances e a poesia. Como já deves saber, também sou poeta, premiado aqui, em São Paulo e Paraná, coisa e tal. Cansei um pouco de literatura, por causa do jornalismo, mas nunca perdi a veia lírica. Estou preparando um livro de haikais só para crianças e adolescentes. Acho que vai dar liga. Um abraço fraternal Carlos Damião

    23/07/2004 21:11

    [Glauco Damas] [glauco@uol.com.br] [http://portugueshoje.blog.uol.com.br]
    BOA VIAGEM!!!!!!!! Aproveite as belas paisagens para voltar mais inspirado ainda e continuar caprichando no blog! :-)

    22/07/2004 22:01

    [Tell] [http://www.tagarela.blogger.zip.net]
    Quem disse que não vai fazer diferença????? ;) Pra mim, vai... Boa viagem e aproveite bem!!!!

    22/07/2004 17:39

    ResponderExcluir